e-Social – Exige Certificado Digital para envio ao fisco

Cidadãos Joinvilenses pagarão mais tributo a partir de 22 de agosto
3 de setembro de 2018
Proprietários de imóvel rural (sítios ou fazendas) deverão declarar ao fisco até final de setembro
3 de setembro de 2018

O envio de informações e assinatura de documentos só é possível com o uso de um certificado digital.

Como o eSocial faz parte do SPED, que requer a utilização de um certificado digital, seria natural que o novo módulo unificador também o exigisse. A certificação garante autenticidade jurídica. Se você já usa o certificado digital para outras finalidades, pode aproveitá-lo.

A assinatura registrada através do certificado digital tem valor judicial, dando assim a segurança que os documentos e decorrentes ações do ambiente virtual necessitam.

Ao transmitir as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, é importante sua autenticação digital, pois estas servirão tanto para as fiscalizações de praxe e também como base de informações em eventuais ações previdenciárias e trabalhistas.

Obter um certificado digital torna-se um investimento, tendo em vista que em 2018 será a única forma de envio das obrigações pelas empresas, se comparado aos custos anteriores com cartórios, funcionários e tempo, considera-se que ocorrerá uma redução nos custos, especialmente quando analisarmos a agilidade e praticidade que irá promover.

Sua empresa ainda não tem certificado digital. E agora?

Em primeiro lugar, saiba que é possível comprá-lo de em uma entidade certificadora conveniada à Receita Federal – e existem várias confiáveis no mercado. A compra é iniciada pela internet e concluída na agência da certificadora, onde é realizada sua validação.

Dos diversos tipos de certificados digitais, dois, em especial, podem ser utilizados para esse objetivo:

  • Tipo A1: É gerado e armazenado no computador do titular, dispensando o uso de cartões inteligentes ou tokens. Tem validade de 1 ano.
  • Tipo A3: é igual ao A1, mas fica disponível em token ou cartão, podendo ser utilizado em qualquer computador. Tem validade de 3 anos.

 

Fonte – Arquivei/blog